Crítica | O Halloween do Hubie

Veja nossos últimos stories

Doces ou travessuras? A Netflix deu a largada para a comemoração do Halloween, com a nova comédia de Adam Sandler (Gente Grande): O Halloween do Hubie, o filme conta a história de Hubie Dubois, um homem apaixonado por sua cidade e pelo Halloween, mas ele é visto como uma grande piada para todos. Mas este ano há algo estranho acontecendo em Salem, e Hubie pode ser a única salvação!

Foto: Netflix/Divulgação

Em 2019, Adam Sandler prometeu “fazer um filme muito ruim” se não ganhar o Oscar de melhor ator. Bom sabemos que, o ator nem indicado foi por seu ótimo trabalho em Joias Brutas. Mas eaí, Sandler cumpriu sua promessa? Não, mas o ator voltou a fazer aquilo que ele sabe fazer: comédia pastelão. A comédia temática de Dia da Bruxas é engraçadinha, mas assusta! Não pelo suspense ou terror da trama, mas sim pelo envolvimento de tanta gente talentosa em um filme sem brilho.

Kevin James (Professor Peso Pesado), Steve Buscemi (Cães de Aluguel) e outros atores que fazem participações especiais (uma dela realmente surpreendente), se enfiam em tantas situações vergonhosas nesse filme, mas tantas, que é difícil comentar todas elas. Todo esse esforço dos atores em busca do “riso” do espectador, no fim, mais constrangem do que divertem. Mas calma! O filme também não é uma tragédia, existem momentos BONS. Algumas piadas funcionam, alguns easter eggs de filmes de terror também divertem, como a sutil referência a IT: A Coisa e algumas piadas visuais funcionam, em especial as que envolvem as camisetas hilárias compradas pela mãe do personagem de Sandler que mostram frases pra lá de nonsenses. Se as piadas tem altos e baixos, a trama e só abaixo da média mesmo. O roteiro feito por Sandler e Tim Herlihy (Gente Grande 2) se perde em uma trama cheia de mistérios que se entrelaçam e nunca fluem. O desenvolvimento de alguns personagens não é bem realizado e caracterização do personagem central é no mínimo peculiar (leia irritante), com uma voz estranha o personagem é quase um inspetor bugiganga com seu super porta café, que faria inveja ao Batman por possuir tantos utensílios em um só componente, como: guarda-chuva, fio de sustentação e spray de pimenta.

Foto: Netflix/Divulgação

Todo o elenco serve de escada para que Sandler brilhe com as piadas em diversas situações durante o filme. O problema é as piadas se repetem tanto que com o tempo cansam. O destaque do elenco é o próprio Sandler, que mesmo com um personagem peculiar, ainda conquista com seu carisma e Ray Liotta (Goodfellas) em um papel surpreendente. A direção de Steven Brill (A Herança de Mr. Deeds) faz o básico, não erra mas pouco acrescenta a trama.

O Halloween do Hubie é uma típica comédia pastelão que o ator sempre fez, assista sem culpa e esqueça depois.

Obs: O longa possui uma tocante homenagem a Cameron Boyce nos créditos, o ator teria um papel de destaque no filme, mas faleceu antes das gravações.

Revisão Crítica

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Confira o que foi destaque durante o TUDUM da Netflix What If…? – Confira 24 easter eggs do sétimo episódio! My Little Pony: Nova Geração – Confira a crítica do filme Cry Macho – Confira a crítica do filme A Menina que Matou os Pais – Confira a crítica do filme O Menino que Matou Meus Pais – Confira a crítica do filme