Crítica | Relatos do Mundo (News of the World)

Veja nossos últimos stories

Relatos do Mundo se passa cinco anos após o fim da Guerra Civil e acompanha o Capitão Jefferson Kyle Kidd (Hanks), um viúvo e veterano de três guerras que concorda em entregar uma garota, levada pelo povo Kiowa anos atrás, para sua tia e tio, contra sua vontade. Eles viajam centenas de quilômetros e enfrentam graves perigos enquanto procuram um lugar que ela possa chamar de lar.

Foto: Netflix/Divulgação

Há uma estética antiquada em Relatos do Mundo que pode desagradar a maioria dos espectadores, mas ela é o que torna este filme único. A atenção aos detalhes em cada canto desse filme é algo surreal, o diretor Paul Greengrass (Capitão Phillips) não quis apenas recriar um período histórico, ele quis contar uma história totalmente imersa nesse período. Os detalhes chamam a atenção, desde a incrível trilha de James Newton Howard, passando pela sutil e eficaz atuação de Tom Hanks (Greyhound). Se na estética antiquada o longa ganha pontos, o mesmo não se pode dizer da história que é batida (mas eficaz). Temos aqui um homem com um passado sombrio que se vê obrigado a ajudar uma pessoa indefesa a contragosto, essa narrativa é conhecida. O que pode ser considerado uma “novidade” nessa história é que a trama é bem mais intimista que qualquer outra que possua uma proposta semelhante.

A trama é previsível e falta ambição de tentar algo novo, mas é indiscutível que houve uma doação de todos os envolvidos para fazer deste, um filme inesquecível. O roteiro se atenta em apresentar bem os personagens, não só os centrais. Temos um pano de fundo que auxilia o entendimento dos personagens e da história. Greengrass faz o seu melhor nas cenas de ação e mesmo com pouco, consegue ser eficaz no que deseja passar como mensagem. O problema da trama é que quase não há desafios nessa jornada. Um desafio aqui e acolá aparece, mas nada realmente impactante. A simplicidade é eficaz, mas faz com que a trama não tenha urgência e com isso ela perder força e ritmo, o que atrapalha.

As atuações da estreante, Helena Zengel, juntamente com a de Hanks são os pontos altos desse longa. Hanks e Zengel constroem uma relação repleta de nuances e graça. De início eles se estranham, mas com o passar do tempo eles se acertam e nasce uma bela amizade. Impossível não se apaixonar por seus personagens e torcer por eles nesta trama. Ambos merecem uma menção no Oscar 2021.

Sem dar mais detalhes, Relatos do Mundo é uma espécie de road movie do velho oeste. Onde temos o prazer de acompanhar uma singela aventura de dois estranhos que vão criar um laço de amizade eterno. Com belas atuações e detalhes técnicos interessantes, está trama só não é melhor pela falta de ousadia em correr alguns riscos.

Revisão Crítica

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Confira a crítica de Amor e Monstros Especial 10k no Youtube 3 estreias da Netflix para ver nesse final de semana Confira a crítica de Radioactive As 3 séries mais vistas na Netflix Confira o trailer de Army of The Dead