Godzilla vs. Kong | Confira 14 easter eggs do último longa do Monsterverse

Veja nossos últimos stories

Godzilla vs. Kong é o quarto e último longa do Monsterverso que começou com: Godzilla, Kong: A Ilha da Caveira Godzilla: Rei dos Monstros. O longa possui easter eggs e nós do Estação Nerd separamos eles para você. Confira:

AVISO: ESSE TEXTO POSSUI SPOILERS, LEIA POR SUA CONTA EM RISCO.

Créditos iniciais

Os créditos inciais de Godzilla vs. Kong, são no mesmo estilo dos créditos de abertura do Godzilla de 2014 e os créditos finais de Godzilla: Rei dos Monstros. No entanto, eles não estão embalados com tantos easter eggs quanto os créditos finais do filme anterior, dessa vez eles servem como uma recapitulação dos filmes anteriores e uma prévia sutil da ação que está por vir. 

Créditos censurados

Se você está assistindo Godzilla vs. Kong no cinema, você certamente perderá o texto que aparece em torno dos nomes do elenco e da equipe antes de ser… censurado. Se você estiver assistindo nas plataformas digitais e puder fazer uma pausa, você verá que as palavras censuradas são um divertido spoiler. Por exemplo, o texto do diretor Adam Wingard diz: “A história das guerras entre titãs será explorada em um filme de Adam Wingard que lança luz sobre verdades ocultas”. Tudo, exceto seu nome, é apagado. O mesmo é feito com a estrela Alexander Skarsgård, cujo crédito censurado simplesmente revela o que ele fará no filme. “Alexander Skarsgård precisa provar a existência de terra oca para salvar sua reputação manchada.”

Missão da Ilha da Caveira em 1973

Ainda nos créditos iniciais, é vista uma imagem da expedição de 1973, onde aparece William “Bill” Randa na Ilha da Caveira. Randa, foi interpretado por John Goodman em Kong: A Ilha da Caveira.

Estatísticas do monstruosas

Perto do final dos créditos, somos apresentados a algumas estatísticas: Godzilla tem uma velocidade de caminhada de 18 milhas por hora e Kong é inteligente e pode usar ferramentas como machados. Além disso, as causas de morte dos três monstros vencidos por Godzilla são apresentadas.

Logotipo do Podcast Titan Truth

- Advertisement -

O personagem Brian Tyree Henry tem um podcast chamado Titan Truth Podcast, o seu logotipo se parece muito com um dos pôsteres do filme Godzilla de 98, um grande olho de Godzilla em um ângulo diagonal.

Universidade Denham

O Dr. Nathan Lind de Skarsgård é apresentado numa cena, na qual está trabalhando no porão da Universidade Denham de Ciências Teóricas. O nome da universidade fictícia é um easter egg ao nome de Carl Denham, o personagem do King Kong original e do remake de Peter Jackson de 2005.

Serizawa Jr.

HBO MAX/ Divulgação

O ator japonês Shun Oguri estreia em Hollywood no papel de Ren Serizawa, filho do falecido cientista Ishirō Serizawa (Ken Watanabe). A conexão familiar não é um grande tópico de conversa no filme, mas é estranho que o filho do homem que morreu explodindo uma bomba nuclear para reviver Godzilla esteja trabalhando para destruir o mesmo.

Algemas de Kong

As correntes que Kong usa em seu passeio de barco são muito semelhantes às algemas que ele usou enquanto era exibido na cidade de Nova York no King Kong original de 1933.

Coincidência ou easter egg?

Quando Godzilla ataca pela primeira vez a frota transportando Kong, uma âncora de um encouraçado fica preso nele, fazendo com que ele arraste o barco enquanto nada na água. Isso lembra muito a cena vista no clássico Tubarão, quando Quint e Cia usam barris para rastrear o tubarão gigante enquanto ele nada debaixo d’água. Coincidência ou easter egg?

Kong e o passeio para o Polo Norte

HBO MAX/ Divulgação

No clássico kaiju de 1967 do Toho Studios, “King Kong Escapes”, um nefasto cientista chamado Dr. Who captura Kong e o transporta para o Polo Norte para minerar uma substância radioativa chamada Elemento X. Para levar o grande macaco para as terras geladas, Dr. Who faz o que qualquer gênio do mal faria: ele algema os membros de Kong a um esquadrão de helicópteros e o transporta de avião por 8.000 milhas até o Círculo Ártico. Essa cena é recriada em Godzilla vs. Kong. 

Robôs e Biologia de Monstros

HBO MAX/ Divulgação

No filme Godzilla Against Mechagodzilla, as Forças de armadas do Japão construíram o Mechagodzilla usando ossos do esqueleto do Godzilla original. Em Godzilla vs. Kong, essa ideia é reutilizada. Só que agora a APEX Cybernetics constrói sua versão do Mechagodzilla usando crânios do Rei Ghidorah. Os crânios do monstro morto funciona como um supercomputador vivo. Num resumo, em ambos os filmes Mechagodzilla contém material de monstros mortos na sua composição. Sinistro né?

Luta de 1962

Em 1962 King Kong vs. Godzilla, tem uma cena que viralizou na qual Kong arranca uma árvore do chão e a joga na garganta de Godzilla. Essa cena é repetida aqui em Godzilla vs. Kong. Só que dessa vez, no lugar de uma árvore, Kong enfia o cabo de madeira do seu machado na garganta de Godzilla.

Kong tenta quebrar a mandíbula de Godzilla

No original de 1933 Kong matou um T-Rex ao abrir e quebrar a mandíbula do monstro. Em diversos filmes Kong usa a técnica, então não é nenhuma surpresa que ele tente contra Godzilla em sua luta. Mas sem sorte.

O método de luta do Mechagodzilla

Mechagodzilla tenta acabar com Godzilla com um movimento muito parecido ao usado contra MUTO no primeiro filme. Nele Godzilla usa seu hálito atômico na garganta do MUTO. Mechagodzilla tenta fazer a mesma coisa aqui.

Encontrou algum easter egg além desses em Godzilla vs Kong? Conta pra gente!

Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

3 estreias da Netflix para ver nesse final de semana Confira a crítica de Radioactive As 3 séries mais vistas na Netflix Confira o trailer de Army of The Dead Rango – O MELHOR filme da Nickelodeon 5 séries que serão CANCELADAS pela Netflix