“Jurassic World: Dominion” vem reforçar o sucesso já jurássico e planetário da franquia Jurassic Park

A franquia Jurassic Park é, indiscutivelmente, uma das mais conhecidas e apreciadas da história do cinema mundial, tendo grande influência dentro da indústria do cinema e possuindo uma ampla legião de fãs e apreciadores. O sucesso da franquia é tão grande que já há algum tempo ela vem ultrapassando as telonas e servindo de fonte de inspiração para outros suportes, entre os quais podemos mencionar quadrinhos, jogos e merchandisings de diferentes tipos.

Para os fãs da franquia, o ano de 2021 promete. O lançamento do sexto filme está se aproximando e as previsões apontam que Jurassic World: Dominion esteja nos cinemas em junho de 2021. À imagem do que tem acontecido ao longo dos últimos anos com os filmes anteriores da saga, tudo indica que essa produção será mais um sucesso de bilheteria.

Até então, as informações que temos sobre Jurassic World: Dominion não são muitas, o que contribui para um aumento da curiosidade dos fãs que seguem meticulosamente todas as novidades veiculadas sobre o que quer que faça parte da franquia. Algumas afirmações relativas à produção, no entanto, estão sendo reveladas. Em maio desse ano, Frank Marshall, produtor do filme, deu uma entrevista ao portal Collider na qual, em primeira instância, revelou aos fãs da franquia que esse filme assinala o início de uma nova era, dando a entender que haverá novas produções após o lançamento desse longa. A produção será dirigida pelo diretor estadunidense Colin Trevorrow, que, entre diferentes títulos, já dirigiu outros dois filmes da franquia – Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros e Jurassic World: Reino Ameaçado –, além de outros filmes de sucesso, como Star Wars: Episódio IX – A Ascensão Skywalker.

A história da franquia: dos primeiros passos a Jurassic World: Dominion

Ora, a primeira diferença entre Jurassic World: Dominion e os filmes anteriores da franquia é a saída dos dinossauros do seu chamado ambiente controlado. Nos filmes anteriores, a ação se passava nas ilhas chamadas Sorna e Nublar, com os humanos praticamente invadindo o espaço dos dinossauros. No novo filme, ao que tudo indica, isso será diferente, e os dinossauros sairão de seus ambientes e invadirão o mundo. Assim, se verifica desde já uma mudança no cenário, habitualmente de ilhas e mais ligados ao mundo natural para agora passar para a realidade do continente. Mais pormenores sobre o enredo estão sendo revelados de forma paulatina, e de alguns apenas teremos conhecimento mais adiante. No entanto, já é sabido que os principais membros do elenco estarão presentes. Além dos tradicionais personagens de Sam Neill, Laura Dern e Jeff Goldblum, estão de volta também Chris Pratt, Bryce Dallas Howard, Owen Grady e Claire Dearing.

O primeiro filme da franquia foi lançado no ano de 1993, mas antes do filme veio o livro que inspirou a trama cinematográfica. A 20 de novembro de 1990, Michael Crichton publicou um livro de ficção científica que viria a ser um verdadeiro êxito global, se convertendo rapidamente em um best-seller. Nascido em Chicago, em 1942, o autor Michael Crichton viria a falecer em 2008, mas não sem antes ver sua obra virar um autêntico sucesso planetário também projetado nas grandes telas. A produtora Amblin Entertainment e a distribuidora Universal Studios, atentas ao sucesso do livro, que teve inclusive nova edição, decidiram avançar para a produção do filme que viria a estrear em 1993, se convertendo em um autêntico sucesso de bilheteria e batendo todos os recordes até então estabelecidos nas salas de cinema do globo. Ao todo, a bilheteria do primeiro filme da franquia rendeu cerca de 914 milhões de dólares no mundo inteiro. O sucesso foi tal que se tornou impossível não dar continuidade à saga, até porque essa positiva pressão veio de muitas partes diferentes.

No ano de 2013, passados 20 anos após seu lançamento, o primeiro filme da franquia foi relançado em 3D nos cinemas. O sucesso voltou a ser considerável, com os números de bilheteria rendendo e chegando aos 45 milhões de dólares em solo norte-americano, além de obter mais de 50 milhões de dólares na China. Além disso, Jurassic Park passou a ser o primeiro filme realizado por Steven Spielberg e distribuído pela Universal que ultrapassou 1 bilhão de dólares em receitas de bilheteira.

Quatro anos após o lançamento do primeiro filme, as salas de cinema voltaram a ficar lotadas para assistir a O Mundo Perdido: Jurassic Park. Seguindo a toada, quatro anos depois, em 2001, seria a vez de Jurassic Park III. Após esse período, foi preciso que os fãs esperassem 12 anos até que alguma novidade – a estreia da tal edição 3D do primeiro filme da franquia – surgisse. Em 2015, saiu o quarto filme da franquia, Jurassic World: O Mundo dos Dinossauros, e em 2018 foi a vez de Jurassic World: Reino Ameaçado ir parar nas telonas. Com tanta história, não é por menos que os fãs estejam aguardando a chegada de Jurassic World: Dominion com tanta expectativa.

Sucesso da franquia ultrapassou as telas e invadiu outros setores

A influência de Jurassic Park extrapolou os livros e a tela dos cinemas, aumentando a presença da franquia em outros setores. Muitos dos milhões de espectadores dos filmes e dos leitores do livro que deu origem à saga se tornaram grandes fãs do tema, o que fez com que a indústria do entretenimento em geral absorvesse a ideia central do filme a transformasse em produtos diversos. Exemplos disso se veem estampados em sites como o da loja C&A, em que é possível encontrar uma grande gama de produtos relacionados à franquia, indo desde acessórios da indústria do vestuário, como meias e camisetas, até bonecos das personagens.

Além disso, também são vários os jogos disponíveis que se inspiraram em Jurassic Park, como o caça-níquel homônimo disponibilizado no site de cassino online da Betway, que oferece a seus usuários mais de 400 títulos de jogos do gênero, e o jogo de tabuleiro Jurassic Park Danger, produzido pela empresa de jogos alemã Ravensburger e que, no Brasil, pode ser adquirido em sites como Toy Show. Artigos de colecionadores são outro bom exemplo de produtos associados a Jurassic Park que constam entre as opções. Pôsteres e canecas, por exemplo, que podem ser encontrados em portais como Quero Posters ou em grandes marketplaces online, como o Mercado Livre, também são produtos que estão disponíveis e que foram criados baseados no enredo na franquia.

Para saber algumas outras revelações sobre Jurassic World: Dominion, a legião de fãs da franquia terá que esperar mais alguns meses. As filmagens, que estão sendo rodadas no Canadá, ainda não terminaram, o que faz com que a expectativa a respeito do que vem por aí dispare. Uma coisa é certa: em 2021, serão milhões em todo o mundo a correr para os cinemas para assistir ao filme e fazer com que os longas da franquia continuem a ser um autêntico sucesso tanto em termos de audiência quanto de receita de bilheteria. Jurassic World: Dominion tem tudo para ser um dos filmes cuja estreia marcará o ano de 2021.

Uillian Magelahttps://estacaonerd.com
Co-Fundador do Estação Nerd. Palestrante, empreendedor e sith! No momento, criando meu sabre de luz para cortar a lua ao meio. A, SEMPRE escolha a pílula azul. Não faça como eu!

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

Sem Saída – Tenku Shinpan | Netflix revela primeiro teaser do anime; Veja!

A Netflix divulgou o primeiro teaser do anime Sem Saída – Tenku Shinpan, criado por Tsuina Miura (Ajin: Demi-Human) e Takahiro Oba...

Songbird | Longa produzido por Michael Bay ganha primeiras imagens; Confira!

A Entertainment Weekly divulgou as primeiras imagens de Songbird, filme cuja trama se passa em meio à pandemia. Confira:

Hellraiser | Criador do personagem é confirmado como produtor da série do HBO

Segundo informações do Deadline, Clive Barker será o produtor executivo em Hellraiser, série em desenvolvimento no HBO. Barker é o criador da obra. Ele deu...