sáb, 20 julho 2024

OSCAR 2023 | Confira quais foram os vencedores do prêmio!

Publicidade

Academia de Ciências e Artes Cinematográficas realiza hoje (12/03) a entrega do Oscar 2023. Fizemos um aquecimento do Oscar no portal R7.com. Confira:

[A LISTA ESTÁ SENDO ATUALIZADA EM TEMPO REAL]

Confira abaixo a lista completa de vencedores:

Publicidade

MELHOR ANIMAÇÃO 

Pinocchio de Guilhermo Del Toro (VENCEDOR)

O desejo de um pai solitário dá vida magicamente a um boneco de madeira, seu nome é Pinóquio. Confuso por ser tão diferente das outras crianças, Pinóquio foge de casa para encontrar seu lugar no mundo e se depara com perigo e aventura.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Jamie Lee Curtis (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) (VENCEDORA)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

Publicidade

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Ke Huy Quan (Tudo em Todo Lugar ao Mesmo Tempo) (VENCEDOR)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Navalny (VENCEDOR)

Saiba mais sobre a tentativa de assassinato do ex-candidato presidencial Alexei Navalny.

MELHOR CURTA EM LIVE-ACTION

An Irish Goodbye (VENCEDOR)

Publicidade

Com a morte prematura de uma mulher, seus dois filhos se reencontram depois de muito tempo de distância.

MELHOR FOTOGRAFIA

Nada de Novo No Front (VENCEDOR)

O adolescente Paul é convocado para atuar na linha de frente da Primeira Guerra Mundial. O jovem começa seu serviço militar de forma idealista e entusiasmada, mas logo é confrontado pela dura realidade do combate.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR CABELO E MAQUIAGEM

A Baleia (VENCEDOR)

Um professor de inglês recluso que vive com obesidade severa tenta se reconectar com sua distante filha adolescente para uma última chance de redenção.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR FIGURINO

Pantera Negra: Wakanda Para Sempre (VENCEDOR)

Enquanto os Wakandanos esforçam-se para abraçar seu próximo capítulo, os heróis devem se unir com a ajuda de Nakia (Lupita Nyong’o) e Everett Ross (Martin Freeman) para forjar um novo caminho para o Reino de Wakanda.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR FILME INTERNACIONAL

Nada de Novo No Front (VENCEDOR)

O adolescente Paul é convocado para atuar na linha de frente da Primeira Guerra Mundial. O jovem começa seu serviço militar de forma idealista e entusiasmada, mas logo é confrontado pela dura realidade do combate.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR CURTA DE DOCUMENTÁRIO

The Elephant Whisperers (VENCEDOR)

Um casal do sul da Índia se dedica a cuidar de um bebê elefante órfão. Juntos, eles formam uma família como nenhuma outra e se ajudam em suas crises e desafios.

MELHOR CURTA ANIMADO

The Boy, The Mole, The Fox and the Horse (VENCEDOR)

Quatro amigos se reúnem em um encontro que até então parecia improvável na busca de uma compreensão mais profunda de gentileza, coragem e esperança.

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Nada de Novo No Front (VENCEDOR)

O adolescente Paul é convocado para atuar na linha de frente da Primeira Guerra Mundial. O jovem começa seu serviço militar de forma idealista e entusiasmada, mas logo é confrontado pela dura realidade do combate.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR TRILHA SONORA

Nada de Novo No Front (VENCEDOR)

O adolescente Paul é convocado para atuar na linha de frente da Primeira Guerra Mundial. O jovem começa seu serviço militar de forma idealista e entusiasmada, mas logo é confrontado pela dura realidade do combate.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHORES EFEITOS VISUAIS

Avatar: O Caminho da Água (VENCEDOR)

Quando uma antiga ameaça ressurge, Jake deve travar uma guerra difícil contra os humanos novamente. Mesmo com dificuldade, Jake acaba fazendo novos aliados – alguns dos quais já vivem entre os Na’vi e outros com novos avatares.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL 

Tudo Em Todo O Lugar Ao Mesmo Tempo (VENCEDOR)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Entre Mulheres (VENCEDOR)

Mulheres em uma colônia isolada lutam para se reconciliar com sua fé após uma série de agressões.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR SOM

Top Gun: Maverick (VENCEDOR)

Depois de mais de 30 anos de serviço como um dos principais aviadores da Marinha, Pete “Maverick” Mitchell está de volta, rompendo os limites como um piloto de testes corajoso. No mundo contemporâneo das guerras tecnológicas, Maverick enfrenta drones e prova que o fator humano ainda é essencial.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR MÚSICA

Naatu Naatu, de RRR

Na Índia pré-independência, um guerreiro corajoso em uma missão perigosa encontra um policial durão que serve ao exército britânico.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR EDIÇÃO

Tudo em Todo O Lugar Ao Mesmo Tempo (VENCEDORES)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR DIREÇÃO 

Daniel Kwan & Daniel Scheinert, por Tudo Em Todo O Lugar ao Mesmo Tempo.

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR ATOR

Brendan Fraser, por A Baleia (VENCEDOR)

Um professor de inglês recluso que vive com obesidade severa tenta se reconectar com sua distante filha adolescente para uma última chance de redenção.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR ATRIZ

Michelle Yeoh, por Tudo Em Todo O Lugar ao Mesmo Tempo (VENCEDORA)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

MELHOR FILME

Tudo Em Todo O Lugar ao Mesmo Tempo (VENCEDORA)

Uma ruptura interdimensional bagunça a realidade e uma inesperada heroína precisa usar seus novos poderes para lutar contra os perigos bizarros do multiverso.

Confira a crítica do filme AQUI.

Publicidade

Publicidade

Destaque

Crítica | The Acolyte

      Star Wars possui um legado imenso e seria redundante...

Divertida Mente 2 | Disney confirma sequência da animação!

Divertida Mente é sem dúvidas um dos maiores sucessos...

Crítica | Aprendiz de Espiã: Na Cidade Eterna

A sinopse de Aprendiz de Espiã: Na Cidade Eterna...
Hiccaro Rodrigues
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]