Crítica | Frozen 2

O inverno chegou e com ele Frozen 2, sequência que expande o reino de Arendelle com elegância, humor e bastante emoção numa nova aventura que irá agradar bastante os fãs e o público que não conhece Elsa, Anna, Olaf e cia. O longa inicia mostrando Elsa e Anna ainda crianças, ouvindo uma história do pai sobre quando ele ainda era príncipe de Arendelle. Ele conta às meninas a história de uma visita à floresta dos elementos, onde um acontecimento inesperados teria provocado a separação dos habitantes da cidade. Esta história servirá de base para ajudar Elsa a compreender a origem de seus poderes.

O longa não causa tanto impacto como o primeiro filme, afinal já conhecemos os personagens. Porém está obra foca no amadurecimento dos mesmo é o resultado é mais que positivo. O fio condutor para contar esse amadurecimento e a relação entre Elsa e Anna (ambas tem tempo para brilhar e amadurecer) elas são as protagonistas e verdadeiras heroínas de uma história que possui um ar muito mais sério do que o primeiro longa. A maturidade vista no roteiro escrito por Jennifer Lee (Frozen: Uma Aventura Congelante) e Allison Schroeder (Christopher Robin – Um Reencontro Inesquecível) e acompanhado de uma fotografia, que usa de tons escuros em diversos momentos e uma direção que opta, dentro do possível, se afastar dos clichês típicos das histórias de princesas da Disney. Mas calma, apesar do tom sério o filme é muito divertido e irá te fazer gargalhar em alguns momentos. O responsável por isso atende pelo nome de Olaf, aqui ele usa e abusa da sua inocência e do seu alto astral para encantar, destaque para a cena na qual ele faz “uma encenação teatral”. As músicas também estão presente, porém nenhuma delas chega perto do sucesso “Let It Go” da Demi Lovato, as canções dão ritmo a história, mas nenhuma é marcante, destaque para a canção bem estilo anos 80 cantada por Kristoff e Sven.

A dublagem nacional é excelente! Os novos personagens encantam, a salamandra Bruni ganhará muito fãs pois é FOFAAAAA DEMAISSSS. A qualidade da animação é estupenda! Texturas, cabelo e outros detalhes são muito bem reproduzidos e possuem um grau de realismo absurdo. Com certeza FroZen 2 e Toy Story 4 disputarão o prêmio de melhor animação no Oscar 2020.


Frozen 2 beira a perfeição técnica e irá agradar os pais e filhos nas férias, além de divertir e emocionar os espectadores de todas as idades, tão bom quanto o primeiro filme essa nova aventura é obrigatória para os fãs de boas animações. O único defeito desse filme é que ele só estreia no Brasil em janeiro de 2020. Até lá não desista de ver essa aventura no cinema.

Ps. O longa possui uma cena pós crédito.

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios.

Deixe sua opinião!

INSTAGRAM

AS MAIS LIDAS

Crítica | O Sol Também é Uma Estrela

Comédias românticas tendem a seguir uma estrutura narrativa básica. Porém, temos exceções como (o ótimo) 500 Dias Com Ela, filme que revolucionou...

Ready Player One: OASIS beta | Testamos o game em realidade virtual baseado no filme; confira nossa análise!

Olá Nerds! O blockbuster de Steven Spilberg, Ready Player One, estreou no mundo todo e está fazendo grande sucesso. O Estação Nerd já assistiu (veja...

A Família Adams | Animação ganha cartaz e data de estreia do trailer; Confira!

A animação de A Família Adams teve seu primeiro pôster divulgado pelo twitter do IMDb. O site ainda revela que o primeiro trailer será revelado...