Crítica | What If…? (1ª temporada completa)

Veja nossos últimos stories

What If…?, é uma série de histórias em quadrinhos publicadas pela Marvel Comics, cujas histórias exploram a forma como o Universo Marvel poderia ter se desenrolado se certos momentos-chave de sua história não tivessem acontecido. O Disney+ lançou uma animação que se baseia nesse conceito e usa como base os acontecimentos vistos no MCU (Universo Cinematográfico da Marvel). Mas será que a série animada da Marvel, agradou? Confira abaixo nossa análise completa.

The Watcher (voiced by Jeffrey Wright) in Marvel Studios’ WHAT IF…? exclusively on Disney+. ©Marvel Studios 2020. All Rights Reserved.

Os episódios de What…If? tem uma estética peculiar, mas que agrada. A construção dos cenários é RIQUÍSSIMA EM DETALHES. Em alguns momentos você irá achar que está revendo diversos trechos dos filmes em live-action da Marvel. A fotografia, em geral, é vívida e repleta de luzes que criam nuances que amplificam o que sentimos ao vermos essas cenas. O estúdio, ainda elabora uma montagem que faz as histórias fluírem de modo orgânico, dinâmico e sem atropelos. Em seus episódios, What If…? se sai bem na construção dos seus personagens principais de sua história e consegue elaborar novas dinâmicas entre personagens já conhecidos. 

Os episódios de maior destaque são os dois últimos episódios, eles são espetaculares, em suas propostas. Os episódios mostram alguns visuais incríveis e mantém a história de modo simples, com um pequeno grupo de personagens. Em “O Que Aconteceria Se… Ultron Tivesse Vencido?” que é focado na Ascensão de Ultron, é o que possui as batalhas mais épicas de toda a temporada, mostrando como deveria ter sido a Era de Ultron nos cinemas. O episódio é um blockbuster repleto de ação interrupta, que deve deixar o espectador perplexo no fim. Já a sequência, que é focada nos heróis, não fica atrás, consegue dar encerramentos satisfatórios aos episódios que ficaram em aberto na temporada. Além de finalizar de modo tocante à série. Tirando esses dois, se destacam ainda na série: “O Que Aconteceria Se… O Doutor Estranho perdesse o coração em vez das mãos? , que é o melhor de todos, o modo como ele é narrado, a mensagem da obra e a reflexão que ela deixa ao fim são dignos dos quadrinhos, na qual a obra se baseia. O episódio “O Que Aconteceria Se… Zumbis!” , que clama por uma sequência. Os demais episódios tem uma estrutura muito parecida, substituindo alguns personagens em eventos-chave e explorando o que mudaria a seguir. Por se repetir, essa fórmula cansa e alguns episódios não são tão bons, como por exemplo o “O Que Aconteceria Se… Killmonger tivesse resgatado Tony Stark?“, esse é o episódio que tem a abordagem mais discreta e opta por reescrever o primeiro capítulo da vida de Tony Stark e Erik Killmonger. Quando parece que vai emplacar… Acaba. Isso é um defeito deste episódio e de outros da 1ª temporada, algo que acontece pelo menos três vezes, o que é frustante e dá a sensação de algo inacabado.

Os caçadores de Easter Eggs da Marvel vão sorrir de orelha a orelha com o mar de referências, que a animação apresenta não só do MCU. É divertido rever algumas cenas e identificar a grande mistura que os episódios apresentam. Além disso, a Marvel brinca com o nosso imaginário e apresentar conceitos que podem ser utilizados no futuro do MCU, como o “ponto absoluto no tempo” que é visto e discutido no episódio focado no Dr. Estranho. A série ainda apresenta uma galeria de vilões, pra lá de interessantes e mostra algumas versões alternativas que são mais interessantes que as originais, como a versão vilanesca do Homem-Formiga. Um ponto negativo da produção, é que muitos dos atores originais não retornaram para dublar os seus personagens, mas quem optar por ver dublado, não irá se arrepender já que a dublagem brasileira segue fiel ao cinema e, é melhor que a original.

Marvel Studios/ Divulgação

A primeira temporada de What If…? é nostálgica e pra lá de divertida, é funciona como um primeiro passo para apresentar um universo de cheio de possibilidades. A série é curta , mas poderia ter alguns episódios desenvolvidos de melhor maneira. Talento e boas ideias existem, mas nem todas foram desenvolvidos com esmero. No mais, o saldo é positivo e garante a diversão. Que os novos episódios da segunda temporada, cheguem logo!

Revisão Crítica

NOTA
Hiccaro Rodrigueshttps://estacaonerd.com
Eu ia falar um monte de coisa aqui sobre mim, mas melhor não pois eu gosto de mistérios. Contato: [email protected]

Deixe sua opinião!

Instagram

AS MAIS LIDAS

The Batman – Confira o trailer animado do filme What If…? – Confira o ranking dos episódios Star Wars Visions – Confira a crítica da série You – Confira a crítica da 3ª Temporada Halloween Kills – Confira a crítica do filme The Batman – Confira o novo trailer do filme